NOTÍCIAS

Fique por dentro das novidades

Sofri acidente de trânsito e me machuquei: saiba como pedir o dinheiro do seguro DPVAT

O seguro para Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre, ou simplesmente DPVAT, é pago por donos de veículos automotores todo o início de ano e ajuda a cobrir despesas com acidentados no trânsito.

Tanto motoristas quanto pedestres e passageiros podem solicitar a indenização do seguro. Os valores variam: em caso de morte, é pago R$13.500 aos familiares da vítima; em caso de invalidez permanente, a indenização começa em R$ 135 e vai até R$ 13.500; por fim, também há reembolso de despesas médicas e suplementares (DAMS), com valores de até R$ 2.700.

Se toda a documentação estiver completa e correta, a análise do pedido é feita em até 30 dias e o pagamento é depositado na conta corrente ou poupança do beneficiário. Entretanto, a Seguradora Líder, responsável pela administração do DPVAT, afirma que até 50% dos beneficiários têm recebido a indenização em até dez dias.

Vamos mostrar agora as maneiras de como fazer a solicitação do DPVAT:

Pelo aplicativo

Baixando o aplicativo “Seguro DPVAT”, disponível na Apple Store e Google Play, você terá acesso tanto como segurado quanto por meio de um corretor ou representante de seguradora.
Vale lembrar que não há necessidade da contratação de terceiros para dar entrada no pedido de indenização do Seguro DPVAT. Este é um procedimento gratuito.
Você poderá criar uma conta na hora ou entrar com seus dados já pré-cadastrados.
Por fim, os detalhes do acidente e tipo de indenização a serem pedidos dependerão de outros documentos, mas a Seguradora Líder afirma que o mais importante é ter em mãos o Boletim de Ocorrência (B.O.), CPF e identidade da vítima e do beneficiário.

 

Pelo telefone
Também é possível fazer a solicitação pelos telefones da Seguradora Líder:
4020-1596, para capitais e regiões metropolitanas;
0800 022 12 04, para outras regiões.
Um atendente irá lhe ajudar a dar entrada com a mesma documentação utilizada para fazer o cadastro no aplicativo, além do B.O., dados da vítima e beneficiário.

Presencialmente

Ainda existe a opção de ir em um dos 7 mil pontos de atendimento, entre seguradoras consorciadas, agências dos correios e corretores parceiros (autorizados pela Líder), para fazer a solicitação. 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Auto Esporte

13 de novembro de 2020