NOTÍCIAS

Fique por dentro das novidades

Meu filho enjoa no carro: por que acontece e o que fazer para ter uma viagem tranquila

 Sentir enjoos ao andar de carro é um problema que pode acontecer com qualquer pessoa, adultos ou até bebês. Os motivos são variáveis e, em geral, não são graves, mas vale lembrar que cada caso é único e só um médico pode dar o diagnóstico correto.

De acordo com a pediatra Flávia Nassif, é comum que as crianças enjoem no carro. "O carro chacoalha muito e, como os pequenos ainda não têm os mecanismos antirrefluxo completamente desenvolvidos, o balanço pode fazer com que o conteúdo do estômago volte e, assim, eles acabam vomitando", diz.

Um problema que pode atingir adultos e crianças é a cinetose. Ela aparece quando o sistema do equilíbrio tem dificuldade para reconhecer situações em que o corpo está parado, mas o ambiente está em movimento. Essa "confusão" leva a pessoa a enjoar em qualquer meio de transporte.

Em um primeiro momento, as náuseas não são motivo de preocupação, mas tudo que é em excesso deve ser motivo de alerta, explica a médica. Se o enjoo for persistente, é importante investigar as causas com o pediatra.

Como evitar o enjoo

Algumas medidas simples podem ajudar a diminuir as crises, como não andar de carro logo após as refeições e não tomar muito líquido durante o passeio. Com o estômago vazio, as chances de vomitar são menores.

Se a criança já for capaz de entender suas orientações, explique que é melhor olhar para frente durante a viagem. Assim, ela mantém um ponto de referência fixo e diminui a perturbação do equilíbrio. Também é interessante evitar jogar vídeo game ou ler com o carro em movimento.

Antes de correr para a farmácia e comprar um tradicional remedinho de enjoo, é importante (de novo!) consultar o médico. Flavia afirma que os medicamentos populares podem ajudar, mas só devem ser ministrados sob a orientação de um pediatra. Seu filho pode ser alérgico a alguma substância e as quantidades recomendadas para adultos e crianças são bem diferentes.

O que fazer quando a criança vomita

Se, apesar desses cuidados o pequeno vomitar, não tem crise. Pare em um local seguro (pode ser um posto ou acostamento) e tire-o do carro. Explique que essas coisas acontecem e que ele não fez nada de errado, sempre transmitindo bastante calma para tranquilizá-lo.

Lave o rostinho e a boca dele (nesta hora, ter uma garrafa de água dentro do carro pode ser a salvação!), e também troque a roupa. Só prossiga a viagem depois que seu filho estiver se sentindo melhor.


Fonte: Vix

28 de junho de 2019